Busca por empréstimo aumenta 20% durante a pandemia

Atualizado em 17 de abr de 2021

Com o isolamento social motivado pela forte expansão da pandemia causada pelo novo coronavírus, muitos brasileiros precisaram buscar novas formas de sobreviver.

Anúncios

Muitos trabalhadores informais ficaram totalmente sem renda, e para agravar mais ainda a situação, houve o corte do auxílio emergencial, e tudo isso acabou contribuindo para o endividamento do brasileiro médio.

De acordo com o indicador do Serasa Experian, a busca por empréstimos no último mês de março cresceu cerca de 20%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Anúncios

Esse índice mostra que, com as medidas restritivas cada vez mais pesadas, os empréstimos acabaram sendo a melhor e mais acessível alternativa para pagar as contas durante a pandemia.

Cresce 20% a busca por empréstimo durante a pandemia no Brasil

A procura por empréstimos cresceu cerca de 20% no Brasil, segundo levantamento do Serasa Experian. Luiz Rabi, economista do birô de crédito comenta os motivos que levaram ao aumento dessa procura:

“Com a continuidade do agravamento da pandemia, mesmo sem a recuperação do poder de compra, as pessoas precisam continuar adquirindo crédito para custear suas despesas essenciais e suprir necessidades. Muitas delas estão tendo que escolher quais dívidas quitar e pagando contas mais caras por meio da aquisição de fontes de crédito mais baratas”.

Com relação ao perfil da maioria dos solicitantes de empréstimo, estão as pessoas de menor renda. Ou seja, são brasileiros que recebem até R$ 500 mensais, ou então entre R$ 1.000 por mês. Dentre essa parcela da população, a alta na procura por crédito foi de, 26,9% e 21,4%.

Em suma, os dados levantados ficaram da seguinte forma:

  • Nordeste – 29,3%;
  • Norte – 27,6%;
  • Centro-Oeste – 27,1%
  • Sudeste – 17,6%;
  • Sul – 11,9%. 

Mais atenção ao solicitar um empréstimo

Mesmo que, atualmente, seja muito mais fácil, prático e rápido contratar um empréstimo, é preciso ter muita atenção ao fazer essa dívida.

Dessa forma, sempre antes de contratar um empréstimo, faça uma análise completa do seu orçamento, avaliando quais são as suas contas atuais e quais as presentes condições de arcar com as parcelas.

Além disso, o empréstimo é uma alternativa quando os juros de uma dívida são muito altos ou então em situações onde ocorrem imprevistos urgentes. Mas lembre-se que é sempre muito importante entender bem as opções disponíveis.

Evite ter dor de cabeça no futuro.

As 5 melhores opções de empréstimo pessoal online

Nubank

O Nubank é o banco digital que está entre os preferidos dos brasileiros. Muito por conta da sua isenção de taxas e toda a proposta amigável da empresa, o Nubank vem crescendo no consentimento da população e é uma ótima opção de empréstimo.

Anúncios

O principal diferencial do empréstimo no roxinho é justamente que ele é desburocratizado. Ágil e rápido, a taxa de juros do crédito fica entre 2% a 5,2% ao mês, e além disso, o banco também conta com outras facilidades, como o prazo de até 24 meses para pagar e 90 dias para o vencimento da primeira parcela.

Você pode fazer a simulação no app do banco, sem compromisso e em tempo real.

Banco Inter

O Nubank não é o único banco digital que é muito querido pelos brasileiros. O Banco Inter ocupa o mesmo patamar e também oferece um empréstimo pessoal online e de forma descomplicada.

Primeiramente, vale destacar que em sua totalidade de produtos e serviços, o Banco Inter é reconhecido por não ter muitas burocracias. Você faz tudo diretamente no aplicativo, ideal para um momento de pandemia, como o que estamos vivendo.

As taxas de juros do banco também são bem atraentes, começando em apenas 1,30% a.m para servidores públicos, aposentados e pensionistas.

Porém, um dos problemas do empréstimo pessoal online do Banco Inter é que não existe uma opção sem garantia.

Para simular o crédito, basta entrar na página da web ou diretamente no app da empresa.

Creditas

A Creditas também possui uma opção de empréstimo com ótimas taxas de juros. O crédito pode ser feito com garantia de imóvel ou carro, mesmo que eles estejam financiados.

Se for utilizar o seu automóvel como garantia, saiba antes de qualquer coisa que ele precisa ser – ao menos – do ano de 2004 e que o valor mínimo do empréstimo é de R$ 5 mil sendo o valor máximo de até 90% do valor do carro.

Nesse caso, o empréstimo pode ser parcelado em até 60 meses, com taxas de juros de 1,69% a.m.

Já para aqueles que desejam usar o imóvel como garantia, terá taxas de juros ainda menores, começando em apenas 1,15% a.m e podendo ser pago em até 180 vezes.

Nesse caso, o valor mínimo do empréstimo é de R$ 30 mil, sendo que o valor mínimo o imóvel é de R$ 150 mil.

Bom Pra Crédito

O Bom Pra Crédito é uma excelente plataforma para se pesquisar empréstimos. Na verdade, a empresa se trata de um correspondente bancário que consulta mais de 30 financeiras.

Após a consulta, é possível saber quais são as melhores condições de pagamento que existem no mercado, escolhendo por prazo, taxa de juros e dentre outros fatores. 

Geru

Vinculado ao Banco AndBank (Brasil) S.A, o Geru é uma excelente pedida para aqueles que não possuem veículo ou imóvel para oferecer como garantia. Entretanto, como é comum nesses casos, a taxa de juros tende a ser um tanto maior, já que a instituição financeira corre mais riscos de inadimplência.

No caso do Geru, a taxa para empréstimos varia entre 2% e 9,5% a.m, e você pode pagar a primeira parcela em até 40 dias após a contratação.

A financeira oferece empréstimos a partir de R$ 2 mil e que vão até R$ 50 mil, com prazo de pagamento de até 36 meses. É possível fazer a simulação do crédito diretamente no site da empresa, onde o cliente pode consultar demais detalhes e condições a respeito do prazo de quitação, juros, parcelas e etc.

 

Pablo Januario