Cartão Bolsa do Povo: descubra se você tem direito a ele

Atualizado em 16 de set de 2021

 

Cartão é oferecido pelo governo do estado de São Paulo, reunindo um conjunto de benefícios sociais

Anúncios

 

A pandemia causada pelo coronavírus impactou na vida de muitas famílias. Além do caos na saúde, com as medidas de restrição, muitos profissionais autônomos ficaram sem a sua principal fonte de renda, obrigando os órgãos competentes a oferecer uma forma de auxílio financeiro para essas famílias.

 

Pensando nisso, o governo do estado de São Paulo criou um novo programa voltado no amparo dos núcleos familiares que tenham perdido a sua renda durante o período da pandemia da Covid-19.

Anúncios

 

E o recebimento de todos esses benefícios será feito de forma centralizada, reunindo tudo isso no chamado cartão Bolsa do Povo.

 

Basicamente, será no cartão que será reunido o pacote de benefícios do Bolsa do Povo, que engloba os seguintes programas: Ação Jovem, Aluguel Social, Bolsa Talento Esportivo, Renda Cidadã, Vale Gás, Via Rápida, Bolsa do Povo Educação e SP Acolhe.

 

Sua família também ficou sem renda por conta da pandemia? Talvez você tenha direito a receber o novo benefício. Abaixo, você confere as principais informações sobre o novo programa do governo do Estado.

 

Siga lendo venha descobrir se você tem direito ao Cartão Bolsa do Povo

Descubra se você tem direito ao Cartão Bolsa do Povo

 

Desde a última sexta-feira, 20 de agosto, o governo do Estado de São Paulo está disponibilizando 2 valores, referentes aos benefícios do Vale Gás e também do SP Acolhe.

 

Ambos os programas são gerenciados pela Secretaria de Desenvolvimento Social. 

 

O Vale Gás é o programa que oferece parcelas de R$ 100 a cada 2 meses para cerca de 426,9 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, e para receber o benefício, basta comprovar renda mensal per capita de até R$ 178 e ser inscrito do Cadúnico, ma sem receber o Bolsa Família.

 

O SP Acolhe, por sua vez, é um auxílio que oferecer o valor de R$ 1.800 em 6 parcelas mensais de R$ 300 para famílias inscritas no CadÚnico e que possuam renda mensal de até R$ 3.300, que tenham perdido pelo menos um membro para a covid-19.

 

Para fazer o saque desses valores, o beneficiário precisa gerar uma espécie de protocolo com senha, diretamente no site do Bolsa do Povo.

 

Dessa forma, ao acessar o site, você deverá clicar em “Entrar” e colocar o seu CPF e senha para criar o seu acesso.

 

Após isso, sua página será redirecionada para uma outra aba que vai conter todos os detalhes do seu auxílio, assim como o gerador de protocolo e senha.

 

Com esses dados em mãos, basta ir até um caixa eletrônico do Banco do Brasil, Banco 24Horas ou qualquer outro correspondente bancário. Ao fazer isso, basta inserir o seu cartão, digitar os códigos que o terminal irá pedir e, após isso, sacar o dinheiro referente à Bolsa do Povo.

Anúncios

Como conferir os benefícios e pedir meu cartão?

 

Bom, agora vamos do início. Vamos te ensinar com um passo a passo, a fazer a sua inscrição no programa e pedir o cartão:

 

  • Primeiramente, acesse o site https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/ e selecione aquele programa que você deseja se inscrever;
  • Após isso, leia todas as instruções, e se decidir continuar, clique em “Se inscrever”;
  • Preencha a ficha com os dados pessoais solicitados;
  • O programa é destinado para pessoas que não possuem nenhuma comorbidade relacionada à Covid-19, se esse for o seu caso, continue clicando em “Próxima etapa”;
  • Agora, você deverá escolher 3 escolas próximas de sua casa, e ao fazer isso, clique em “Próxima etapa”;
  • Realizando esses cinco passos, você já estará cadastrado e pode esperar a resposta do Governo de SP.

 

Para as pessoas que já realizaram o cadastro e receberam o seu cartão do programa, porém, ainda possuem dúvidas a respeito do seu funcionamento, como desbloquear o cartão, onde usar o benefício e afins, nós vamos te ajudar.

Recebi o cartão, como desbloqueio?

 

O ato de desbloqueio do cartão deve ser feito diretamente em um caixa eletrônico do Banco do Brasil ou então diretamente em um caixa da rede Banco24Horas. Além disso, você também pode optar por estabelecimentos conveniados a um dos dois bancos, como por exemplo, as casas lotéricas.

 

É possível fazer o desbloqueio e já realizar também o saque, porém, você deve ter gerado um protocolo anteriormente (assim como explicado no tópico acima).

Como posso retirar o dinheiro?

 

Para sacar o dinheiro referente ao benefício, é preciso ter o protocolo gerado pelo site do programa. Para isso, acesse o https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/, e clique em entrar. Se for a sua primeira vez, clique em “cadastrar-se aqui”.

 

Após gerar o protocolo, basta ir até os mesmos caixas eletrônicos onde é possível fazer o desbloqueio do cartão, informando o código gerado para concluir o processo de saque.

 

Lembrando que o saque de todos os benefícios serão feitos em um mesmo cartão, você não receberá cartões diferentes para cada um dos benefícios concedidos.

Tenho algum tipo de restrição sobre onde usar o dinheiro? 

 

Não existe qualquer tipo de restrição referente ao uso do dinheiro. Ou seja, você pode usar os valores em qualquer comércio, usufruindo do dinheiro da maneira que achar melhor.

Tenho direito a um benefício, mas não recebi: o que fazer?

 

Se por acaso você tem direito a um dos benefícios citados neste texto, mas não recebeu nenhum deles, é preciso entrar em contato com a central de atendimento através do telefone 0800 7979 800.

 

A central funciona cinco dias por semana – de segunda a sexta-feira, contando com atendentes nos horários de 8 horas até às 18 horas, porém, o atendimento eletrônico pode ser acessado 24 horas.

 

Além disso, caso ache mais fácil, também é possível fazer contato através do WhatsApp, solicitando ajuda através do atendimento eletrônico. Para acessar, você deve acessar o número (11) 98714-2645 em seu smartphone e depois enviar uma mensagem com um “olá”, o sistema então disponibilizará algumas opções para sua escolha.

 

O atendimento é bem intuitivo e você conseguirá elucidar as suas principais dúvidas por lá.

Pablo Januario