Conheça as principais Bolsas de Valores do mundo

Atualizado em 13 de set de 2021

 

Saiba o que são e como funciona a Bolsa de Valores

Anúncios

 

Possivelmente você já ouviu falar da bolsa de valores. Porém, muitas pessoas não sabem ao certo o que ela é e como funciona.

 

Se você nunca investiu antes, pode parecer um pouco complexo entender o seu funcionamento, sendo uma temática longe da sua realidade. Mas não se assuste.

Anúncios

 

Hoje em dia há muito conteúdo acessível sobre o tema, visando auxiliar quem deseja começar nesse universo de investimentos.

 

Neste artigo, você vai entender um pouco mais sobre do que se trata a Bolsa de Valores e conhecerá as principais bolsas existentes no mercado, inclusive a B3, a bolsa de valores brasileira.

 

Sendo assim, siga com a sua leitura e venha conferir! 

O que é e como funciona a Bolsa de Valores

 

Basicamente, a bolsa de valores funciona como um grande mercado organizado para a negociação dos chamados “ativos financeiros”.

 

O ativo mais popular é a ação, que é uma pequena parte de uma empresa. E ao comprar uma ação, você se torna um acionista, um pequeno sócio do empreendimento.

 

Mas mesmo que a bolsa seja popularmente por conta das ações, não são somente elas que fazem parte da sua estrutura. 

 

Conheça os outros segmentos que fazer parte da bolsa de valores:

 

  • Ativos de renda fixa;
  • Crédito imobiliário;
  • Derivativos listados;
  • Derivativos de balcão;
  • Financiamento de veículos;
  • Mercado à vista.

 

Ou seja, a bolsa de valores funciona como um ponto de encontro entre os investidores que desejam vender e aqueles que querem comprar ativos financeiros.

 

Além disso, ela também tem a função de estabelecer as regras de negociação com o objetivo de tornar o ambiente transparente e devidamente seguro para todos que querem negociar por lá.

 

E é por isso que só se pode investir em ações através de uma corretora de valores.

 

Com isso, ao realizar uma operação na bolsa de valores, ela é a responsável por fazer a compensação, registro e atualização dos papéis dentro do ambiente.

 

Conheça algumas outras funções desempenhadas pela bolsa:

 

  • Agente de custódia: é a guarda centralizada de todas as negociações feitas no ambiente. A BM&F Bovespa, por exemplo, faz a guarda dos papéis das compras de títulos de Tesouro Direto no nome do responsável até a sua venda ou resgate;

 

  • Agente de clearing: é ele que realiza o gerenciamento dos riscos e das operações feitas pelos investidores, como por exemplo, quando você investe em mini contratos, há investimentos que servem como uma forma de garantia, estabelecidos pela clearing.

 

A bolsa de valores pode parecer um tanto confusa ou complexa demais para algumas pessoas, mas na verdade, é possível sim entendê-la melhor. Para isso, o ideal é que você acompanhe o ritmo de negociações diárias, o que chamam de pregão.

Anúncios

 

Se você já viu como é um ambiente de negociação da bolsa de valores, provavelmente percebeu que existem números que variam o tempo todo. Eles são as cotações – os preços e pontuações de cada investimento.

 

Eles sobem e descem, pois os negócios são precificados a partir da expectativa dos investidores em relação ao mercado e ao valor mobiliário em questão.

 

As oscilações são afetadas por uma série de fatores diferentes, e é por isso que se deve acompanhar o pregão com o auxílio de profissionais da área. Hoje em dia, há opções na internet que oferecem isso, o que acaba sendo excelente para quem deseja entrar na área.

 

Com uma breve procura na rede, você encontra analistas que analisam o pregão e podem te ajudar a compreender toda a dinâmica do mercado financeiro, direcionando a você quais são as melhores oportunidades de investimento.

Quais são as principais Bolsas de Valores hoje no mercado

 

Agora que você entende mais o que é a bolsa de valores e como se dá o seu funcionamento, chegou a hora de conhecer as principais em operação no mundo.

 

Como já informamos no início do texto, o Brasil também possui uma bolsa de valores, a chamada B3 (Brasil, Bolsa, Balcão). E para além dela, há outras que você precisa conhecer.

 

Abaixo, conheça as 5 principais bolsas de valores do mundo.

 

1. New York Stock Exchange (NYSE)

 

Fundada em 1817, na cidade de Nova York, a NYSE é considerada a principal Bolsa de Valores do Mundo.

 

Sua capitalização de mercado está acima dos US$ 20 trilhões, tendo o maior volume de transações de todo o globo. É nela que empresas como Coca-Cola, Disney e Walmart operam.

2. Nasdaq Stock Market (NASDAQ)

 

Também sediada em Nova York, a empresa foi fundada em 1971, englobando muitas outras empresas importantes, principalmente da área da tecnologia, como Amazon, Apple, Facebook e Google.

3. Tokyo Stock Exchange (TSE)

 

A TSE de Tokyo tem uma capitalização de mercado de aproximadamente US$ 5 a 7 trilhões

 

Funcionando desde 1878, é considerada a maior Bolsa de Valores do mundo fora dos Estados Unidos. Em seu catálogo, há gigantes do automobilismo, como Toyota e Honda. 

4. Shanghai Stock Exchange (SSE)

 

Considerada a principal Bolsa de Valores da China, uma superpotência mundial da atualidade, a SSE foi fundada em 1990.

 

Atualmente, possui cerca de US$ 4 trilhões de capitalização de mercado, além de mais de mil empresas listadas no seu escopo.

5. Euronext

 

Criada na união entre as Bolsas de Paris, Bruxelas e Amsterdã, a Euronext é a principal bolsa de valores da Europa, possuindo um valor de capitalização que gira em torno de US$ 4 trilhões, com cerca de 1.500 empresas listadas. 

Bônus: B3, a Bolsa de Valores do Brasil

 

Para finalizar, temos a B3, a bolsa de valores brasileira.

 

Atualmente, ela se encontra como a 5ª maior em valor de mercado do mundo. 

 

Criada em 1890 como Bolsa Livre, ela sofreu diversas transformações ao longo dos anos, até chegar ao seu estado atual.

 

A mudança mais recente aconteceu em março de 2017, onde houve a fusão entre a BM&F Bovespa e a Cetip, que deu origem à B3.

 

Atualmente, a bolsa conta com ações de cerca de 400 empresas em seu escopo.

 

Pablo Januario