Empréstimo com garantia de celular: o que acontece se atrasar a parcela?

Atualizado em 14 de out de 2021

Confira mais informações sobre essa nova forma de crédito com garantia da SuperSim

Anúncios

Está precisando de um empréstimo rápido, online e sem muita burocracia?

 

A financeira SuperSim é conhecida entre os brasileiros justamente por flexibilizar o acesso a crédito para os seus usuários, e já tem um tempo que a empresa está oferecendo uma modalidade de empréstimo com celular como garantia.

Anúncios

 

O empréstimo tem como intuito dar acesso a crédito para muitas pessoas que não conseguem solicitar empréstimo, afinal, hoje em dia todo mundo tem celular.

 

O valor do crédito varia entre R$ 500 e R$ 2,5 mil.

 

Mas talvez você esteja se perguntando: o que acontece se atrasar a parcela do empréstimo?

 

É sobre isso e entre outras informações que você verá logo abaixo. Continue com a sua leitura e descubra como funciona o empréstimo com garantia de celular.

Conheça o empréstimo com garantia de celular

 

Esta facilidade no empréstimo da financeira SuperSim visa incluir os negativados no mercado de crédito, assim como pessoas de baixa renda que não têm acesso a empréstimos.

 

Para contratar a modalidade, é necessário que o cliente tenha mais que 18 anos e um celular com sistema Android para usar como garantia ao crédito solicitado.

 

Além disso, também é preciso que o solicitante tenha uma conta bancária e renda comprovada. 

 

Lembrando que o pedido de empréstimo também pode ser feito através do aplicativo da SuperSim, que está disponível para smartphones com sistema Android ou iOS.

 

Depois da solicitação e com tudo devidamente aprovado, o dinheiro cai em conta em até 30 minutos, período bem mais rápido que a maioria dos empréstimos ofertados por aí.

 

Caso o pagamento da parcela não seja pago no prazo, há juros previstos no contrato do solicitante. É necessário ressaltar também que o limite para pagar o crédito vai de 4 a 12 meses, com uma taxa de juros que varia de acordo com o perfil do consumidor e também com o produto solicitado.

 

Mais facilidade para os negativados

 

No período do lançamento da modalidade de crédito, o presidente da financeira SuperSim, Daniel Shteyn, afirmou que “além de nossa missão de inclusão financeira, a SuperSim busca tornar o processo de tomar o empréstimo mais conveniente para seus clientes usando tecnologia inovadora”. 

O que ocorre ao atrasar a parcela do empréstimo?

 

Essa é uma dúvida frequente em quem se depara com essa modalidade de empréstimo, e não é algo tão difícil de entender.

 

Basicamente, se você não pagar uma parcela do empréstimo, a SuperSim bloqueia o seu celular e você não conseguirá utilizá-lo para nada, exceto em caso de uma ligação de emergência.

 

Após você pagar a dívida, já poderá utilizar o seu aparelho novamente.

Como funciona o empréstimo com celular de garantia

 

Muita gente tem dificuldade de entender como funciona na prática o empréstimo com celular de garantia da SuperSim. 

Anúncios

 

Vale destacar que a nova modalidade não é tão diferente do empréstimo convencional, exceto pelo fato da instituição estar pedindo em troca do valor emprestado, um bem que seja seu para utilizar como garantia em caso de inadimplência.

 

E diferentemente do que muitas pessoas pensam, não é necessário que você vá até a empresa e deixe o seu smartphone com eles.

 

Ao invés disso, basta fechar o contrato com a mesma, instalar o aplicativo indicado, que fará o bloqueio por parte da instituição financeira em caso de não pagamento das parcelas.

A empresa tem acesso aos meus dados?

 

Apesar de você estar liberando o acesso do seu celular para a instituição financeira, os seus dados permanecem totalmente protegidos e seguros para que nenhuma pessoa possa ter acesso às suas fotos, mensagens ou demais informações que estejam em seu smartphone.

 

Ou seja, a empresa tem acesso a um código que permitirá o bloqueio do seu aparelho, apenas isso.

 

Em caso de outras dúvidas sobre o serviço de empréstimo com celular como garantia, acesse o site da SuperSim.

 

Diferenças com o empréstimo pessoal

 

Apesar de ser considerado um modelo de crédito com valores baixos, ainda continua sendo uma modalidade de empréstimo com garantia, o que já causa algumas diferenças em relação ao empréstimo pessoal.

 

Outra coisa que também muda é aquilo que determina a aprovação, além das taxas a serem cobradas e os prazos de pagamento.

Vantagens e desvantagens do empréstimo

 

Vamos começar pelos pontos considerados negativos.

 

O valor concedido no empréstimo é consideravelmente baixo. Segundo o que a própria empresa já informou, os valores começam em R$ 500,00 e chegam em até R$ 2.500,00, o que pode ser algo ruim para aqueles que precisam de mais dinheiro que isso.

Mas olhando por outra ótica, também é possível considerar esse fato como uma vantagem bem atraente para aqueles que precisam de pouco dinheiro, mas tem urgência, deixando modelos de crédito com taxas mais altas, como é o caso do cheque especial, por exemplo.

Sobre a SuperSim

 

Caso você não conheça, a SuperSim é uma correspondente bancária que atua como um tipo de intermediário entre os clientes e outras instituições financeiras, as empresas que de fato concedem o valor dos empréstimos.

 

Em síntese, o objetivo da empresa é facilitar a obtenção de crédito entre bancos e pessoas menos abastadas, que naturalmente não teriam fácil acesso a empréstimos.

 

A companhia, que é regulamentada pelo Banco Central do Brasil, possui a filosofia de oferecer mais facilidade e menos burocracia na concessão de crédito para negativos e para as classes mais baixas.

 

Sua fundação ocorreu por Daniel Shteyn, Antonio Brito e Rômulo Coutinho depois de diversas experiências no setor.

 

Segundo já afirmou Daniel, “Nossa missão é promover uma inclusão financeira que funcione. Alcançar aqueles que nenhuma outra empresa alcança, dizer mais ‘sim’ do que todo mundo. Por isso nos chamamos SuperSim”.

 

Para financiar a constante expansão da empresa, os fundadores também estão estruturando uma securitizadora que será a responsável por captar o capital de dívida no Brasil e também no Exterior.

 

Entre os investidores da SuperSim, estão Al Goldstein — criador da Enova e da Avant –, além de Bruno Balduccini, advogado do escritório Pinheiro Neto e também apoiador de startups no Brasil, e o fundo Distrito Ventures.

 

Pablo Januario