Financiamento da casa própria pelo app Caixa Tem

Atualizado em 12 de jan de 2021

Se você está buscando por formas de financiamento da casa própria para este ano, vai querer conhecer essa novidade.

Anúncios

A partir de agora, a Caixa estará oferecendo acesso ao Microcrédito do programa Casa Verde e Amarela (substituto do Minha Casa Minha Vida), por meio do aplicativo Caixa Tem.

Além disso, com essa novidade a instituição pretende transformar o Caixa Tem em um banco digital, permitindo a realização de transações autorizadas pelo Banco Central – o que deve ocorrer em até 6 meses.

Anúncios

Se você ficou curioso em saber como funcionarão essas mudanças, continue com a sua leitura e venha descobrir!

Microcrédito do Casa Verde e Amarela através do Caixa Tem

O programa Casa Verde e Amarela veio para substituir o antigo programa de acesso a financiamento imobiliário do governo federal, o Minha Casa Minha Vida. 

E a partir de agora, a Caixa estará facilitando a forma com que as pessoas possam ter acesso ao microcrédito oferecido no programa. 

Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, a Caixa deve atender cerca de 10 milhões de pessoas para o financiamento da casa própria. Além disso, Pedro também afirmou que “não há a menor possibilidade” de uma operação dessa grandeza não ser via banco digital”. 

Essa declaração do Guimarães ocorreu durante uma coletiva de imprensa para apreciação de resultados sobre o banco e também sobre os serviços do Caixa Tem.

Como funciona o financiamento imobiliário no Caixa Tem?

Bom, antes de tudo, devemos mencionar que, segundo a Caixa, cerca de 85% de todo o crédito destinado ao financiamento imobiliário que o banco oferece são de origem dos correspondentes bancários, como lotéricas e demais órgãos.

Atualmente, esses pontos existem principalmente naquelas regiões do Brasil onde ainda não existem agências do banco no local.

Sendo assim, a Caixa espera que, com a chegada do banco digital, pessoas de todos os lugares do país possam ser atendidas e ter acesso aos benefícios do banco sem maiores dificuldades.

Caixa também prevê aumento de crédito

Para finalizar o assunto, Pedro Guimarães também afirmou na coletiva que o PIX deve vir a ser utilizado em conjunto com o financiamento da casa própria pelo Caixa Tem.

Com isso, a expectativa do banco é aumentar a segurança na realização de transações que ocorrem por meio da liberação de crédito em massa através do banco digital.

Nisso, o banco já informou a ocorrência do cadastro de mais de 18,5 milhões de chaves PIX. Além disso, entre aqueles usuários que já cadastraram as suas chaves, cerca de 47% já fizeram uso do app da Caixa Tem, o que mostra o avanço do processo de bancarização  no Brasil.

Anúncios

“A bancarização é um fato. Essas pessoas entraram via Caixa Tem, se bancarizaram e hoje já têm movimentação bancária, inclusive no Pix”, comentou Guimarães.

O que é e como funciona o Programa Casa Verde e Amarela?

Você leu acima que o acesso ao crédito disponibilizado pelo Casa Verde e Amarela passará a ocorrer através do app Caixa Tem, correto? Mas você sabe ao certo o que é este programa?

Basicamente, o Casa Verde e Amarela é um programa criado pelo governo federal lançado no dia 25 de agosto de 2020, que conta com a cooperação e a participação dos estados e municípios do Brasil.

A criação do programa veio da ideia de reformular o seu antecessor, o programa Minha Casa Minha Vida, com o objetivo de atender um número maior de pessoas em todo território nacional, reduzindo as taxas de juros e facilitando o acesso.

O programa deve atuar nas áreas de regularização fundiária, assistência à moradia e outras modalidades.

Além disso, o Casa Verde e Amarela também promoverá a negociação de dívidas e mais oportunidades para as faixas sociais a serem atendidas, aumentando o número de contemplados, que deve chegar a 350 mil famílias até o ano de 2024, segundo levantamento da Caixa.

Como participar do Programa Casa Verde e Amarela?

Para os interessados no programa, é necessário saber que a inscrição nele é condicionada mediante algumas regras.

Primeiramente, é preciso que a pessoa tenha origem brasileira, tenha 18 anos ou mais e possua renda familiar de até sete mil por mês, além de ter em mãos os principais documentos de identificação (na validade e em bom estado de conservação).

O programa foi criado com o objetivo de ajudar pessoas físicas a terem melhores condições de moradia, essas que não conseguiriam isso sem a ajuda governamental.

Taxas de juros do Casa Verde e Amarela

A ideia por trás do programa é, justamente, aumentar o número de contemplados e oferecer uma taxa de juros menor do que a costumeiramente praticada no mercado de financiamento imobiliário.

O Programa Casa Verde e Amarela é dividido em alguns grupos, onde as taxas de juros costumam variar conforme a renda e a região onde a família mora. Vale uma atenção em relação aos valores praticados para as regiões Norte e Nordeste, onde há uma diminuição nos juros, visando uma maior regularização nessas áreas menos abastadas.

Clique aqui para conferir as taxas de juros do programa.

Quem pode participar do Casa Verde e Amarela?

Em tese, qualquer tipo de pessoa pode se inscrever e começar a participar do programa, desde que ela se encaixe nos grupos que são estipulados no regulamento do mesmo

Lembrando que a ideia do programa é ajudar pessoas físicas e terem acesso a melhores condições de moradia no Brasil, concedendo crédito para construção de novas casa a um preço mais justo e contribuindo na regularização imobiliária no país.

De todo o modo, com a entrada do Caixa Tem – este em processo de se tornar um banco digital – deve ficar mais fácil e prático ter acesso a este e outros programas do governo federal, que devem ser unificados em uma única plataforma.

Aos interessados, vale dar uma atenção extra às novidades que devem ser incorporadas no aplicativo nos próximos dias, inclusive à opção do microcrédito do Casa Verde e Amarela.

Pablo Januario